Educação é a saída para evitar acidentes

by

Acidentes expõem a fragilidade dos ciclistas

Falta de espaço adequado e má orientação provocam riscos

Falta de espaço adequado e má orientação provocam riscos

A falta de educação no trânsito, tanto para motoristas como para pedestres e ciclistas, apesar de não ser o único fator é um dos maiores responsáveis pelos acidentes que envolvem os praticantes dessa modalidade esportiva ou utilizam a bicicleta como meio de transporte. O caso envolvendo uma das principais triatletas gaúchas, Campeã gaúcha de triatlo em 2006 e 2007, Tatiane Gorski, 21 anos, na quinta-feira (15) chama a atenção para um dos pontos onde a imprudência tem se mostrado constante, a Avenida Beira Rio. Por costear a orla do Guaíba, ter asfalto em bom estado, poucos cruzamentos e sinaleiras, além de uma bela paisagem, a via costuma atrair todo o tipo de público, motoristas, ciclistas e pedestres.

Um dia antes, desta vez em São Paulo, uma militante em defesa do ciclismo foi atropelada na Avenida Paulista, uma das principais vias daquele estado. Não diferentemente, com grande freqüência vemos nas páginas dos principais jornais do país noticias de ciclistas mortos as margens de rodovias e ao longo de vias urbanas como nos dois casos acima relatados.

Educação como base para um trânsito seguro

Para que esse dano a vida humana seja minimizado, especialmente por serem alvo cidadãos que defendem e utilizam a bicicleta como meio de transporte alternativo, limpo, saudável e de baixo custo, é preciso que se imponha perante as autoridades a necessária pressão pela implementação de políticas públicas capazes de levar adiante campanhas de educação para o trânsito. Essas ações devem se iniciar a partir de crianças e adolescentes, no ensino fundamental e médio, até ganhar as ruas com intensa mobilização. A partir de março, a ACZS toma a iniciativa e vai realizar palestras em escolas públicas e particulares que se interessarem pelo tema.

Ciclovias e pistas de treino

Concomitante às melhorias na educação para motoristas, pedestres e ciclistas, é preciso, para que se tenha mobilidade para a prática do ciclismo, esteja o usuário voltado ao lazer, transporte ou esporte, que sejam feitos investimentos em ciclovias, ciclorotas e pistas de treinamento esportivo adequadas às normas técnicas internacionais e que já tenham, comprovadamente, surtido efeito positivo em outros locais onde foram implementadas.

Plano Diretor Cicloviário

Porto Alegre já tem um projeto em curso. O Plano Diretor Cicloviário, encaminhado pelo prefeito aos vereadores. Uma audiência pública foi realizada pelo vereador Mauro Zacher (PDT) ainda em 2008. A matéria tramita na Câmara Municipal tendo sido aprovada pelas comissões permanentes pelas quais já passou, cinco ao todo. Agora, resta, após o final do recesso parlamentar, na segunda quinzena de fevereiro, que a tramitação do processo seja agilizada e vá ao Plenário da Casa do povo, para, finalmente, ser aprovada e colocada em prática pelo poder público. O melhor é que, além de identificar 595km de vias aptas para uma adaptação ao ciclismo, prevê a realização de campanhas de educação para o trânsito, entre outras medidas capazes de tornar Porto Alegre uma cidade amiga do ciclista.

Para que tudo corra de acordo e tenha resultado positivo é preciso mobilização. Escreva para os vereadores em que votaram; telefone; mande e-mails; reúna grupos e dirijam-se à Câmara para expressar a sua posição. Sem pressão não haverá a devida agilidade que o tema merece. Unidos somos mais fortes. Ciclovias já!

Para saber como entrar em contato com os vereadores acesse a página da Câmara Municipal na internet (www.camarapoa.rs.gov.br)

Milton Gerson / Jornalista – Mtb 6539

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: