Caminho dos Parques, existe ou não?

by

caminho-dos-parques

Implantada em 2001, a ciclorota Caminho dos Parques, que liga os parques da Região Central (Moinhos de Vento, Redenção e Parque Maurícios Sirotsky Sobrinho) é hoje uma grande dúvida. Alguns ciclistas seguem utilizando o espaço durante domingos e feriados que, porém, é dado como extinto pelo poder público.

Ora, afinal, se o Caminho dos Parques não existe mais, então é preciso uma atitude do poder público, em especial da Secretaria de Mobilidade Urbana e da EPTC, pois as placas de proibição para estacionamento aos domingos e feriados continuam no local e a fiscalização atuando, multando aqueles que creem que a ciclovia não existe mais. Também, os ciclistas, que ainda estão utilizando o espaço, correm riscos, pois a sinalização feita em forma de pintura está desgastada, e permanece no asfalto demarcando a ciclorota. Então por obviedade, essa indefinição além de causar insegurança, traz prejuízo ao bolso dos contribuintes.

Fica a sugestão de que seja feita uma Audiência Pública, com a participação da comunidade, ciclistas, técnicos e representantes do poder público para decidir o que fazer com o Caminho dos Parques. Por certo, o que não pode, é continuar do jeito que está, a bangú, colocando em risco os cidadãos que dela se utilizam e confundindo a todos, ciclistas, pedestres e motoristas.

Milton Gerson/ Jornalista/ Mtb 6539

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: